Iniciativas Iniciativas Procura de parceiros
 

Iniciativa - mais informação
parceiro responsável pela parceriaIPC/ESAC - Instituto Politécnico de Coimbra - Escola Superior Agrária de Coimbra
Designação da parceriaGrupo para a inovação na gestão integrada de nutrientes para sistemas intensivos de produção agropecuária
Iniciativa a desenvolverNPKredit - Abordagem inovadora para a gestão Integrada de nutrientes usando tecnologias de informação e comunicação
Parceiros
Prioridade TemáticaMelhoria da gestão dos sistemas agroflorestrais
Domínios
NUTS IPortugal Continental
Identificação do problema ou oportunidade• As explorações pecuárias utilizam e geram nutrientes em excesso causando constrangimentos ambientais e na saúde humana.
• A produção vegetal recorre à utilização de adubos de síntese com elevados custos operacionais.
• Os efluentes gerados pela produção pecuária podem ser valorizados se aplicados no solo, contribuindo para a melhoria do teor de MO, da estrutura e da fertilidade do solo, compatibilizando elevados níveis de produção com a diminuição dos custos operação e a promoção da melhoria da qualidade do solo e da água.
• O tratamento e a valorização dos efluentes pecuários não se concretiza com a eficiência necessária para maximizar o seu potencial. São desconhecidas disponibilidades e necessidades.
• As melhores práticas de gestão de nutrientes não estão vulgarizadas para os sistemas de produção locais nacionais.
• No processo de reconhecimento dos clusters, quer o TICE.PT, quer o consórcio para a cadeia agroalimentar identificaram projetos estruturantes sobre agricultura inteligente e de precisão.
• A RIS3 do Centro identifica como diferenciadores a Agricultura, a Inovação Rural e as TICE, abordando em três plataformas de Inovação: Valorização e uso eficientes dos recursos endógenos naturais; a Inovação Territorial e Tecnologias ao serviço da qualidade de vida.
• A ENEI estabelece um conjunto de tópicos nas prioridades da ID+I, com as quais a ação deste grupo se encontra alinhada, nomeadamente, nas TICE, Agroalimentar, Água e Ambiente.
• O plano de ação proposto enquadra-se na iniciativa emblemática “Uma Europa eficiente em termos de recursos“, em 2 desafios sociais do H2020, “Climate Action, Environment, Resource Efficiency and Raw Materials” e “Food Security, Sustainable Agriculture and Forestry, Marine, Maritime and Inland Water Research and the Bioeconomy”, nos trabalhos das EIP on Water, Waste Matters e Agricultural Productivity and Sustainability e na Digital Agenda for Europe.

Objetivos visados 1.Gestão integrada de efluentes pecuários como forma de diminuir o impacte ambiental do sector agropecuário e aumentar a eficiência económica das atividades, através da melhoria da qualidade da informação, permitindo adequar práticas de valorização e a implementação de formas de governança inovadora.

2.Promover a inovação organizacional dos agentes económicos, pelo recurso nomeadamente às novas tecnologias da informação e comunicação, favorecendo a adoção por da cadeia de valor do sector agropecuário de novas práticas e processos que favoreçam a implementação efetiva da legislação sectorial.

3.Desenvolver e articular a capacidade dos agentes relevantes: governança, técnico-científicos, associativos e económica, dinamizando os sistemas agropecuários e contribuindo para a valorização do território incluindo os seus ativos naturais

4.Contribuir para a preservação dos ativos ambientais (solo, agua e ar) e dos ecossistemas sensíveis existentes na região.

5.Melhorar a eficiência económica das explorações agrícolas, articulando a cadeia de valor da atividade pecuária e a cadeia de valor da atividade agrícola
Tipologia de resultados a atingir e potenciais beneficiáriosDestinatários: Consórcio, entidade promotora, Comissão Europeia e outros nomeadamente: os produtores pecuários, produtores agrícolas, cooperativas, entidades reguladoras Direção Regional de Agricultura e Pescas. Todos os resultados serão amplamente divulgados de acesso livre e gratuito.

Resultados de Produção Etapa 2
•Caderno de Requisitos - 1 entrega
•Relatório de Casos de Uso – 1 entrega
Corresponde a uma descrição textual ou em forma de diagrama que detalha todos os cenários que os utilizadores podem realizar no sistema de informação.
•Relatório de Análise de tecnologia de mercado – 1 entrega
•Protótipo de baixa fiabilidade/funcionalidade - 3 entregas
Sistema de informação, rede sensores efluentes, solo e água. Um protótipo de baixa fiabilidade é, normalmente, feito em suportes como o papel e destina-se a avaliar juntos dos utilizadores quer as funcionalidades a incluir, quer a organização da informação nos écrans (PC, móveis, etc.). Normalmente, são feitos no início dos processos de desenvolvimento de SW e, por isso, não são funcionais até porque o suporte não permite a sua execução
•Protótipos funcionais - 3 entregas
Sistema de informação e as suas diferentes arquiteturas nomeadamente rede sensores de efluentes, solo e água e Web app. Protótipos Funcionais são aproximações, sucessivas, num modelo de desenvolvimento iterativo e interativo, que estão já implementadas em software, hardware e modelos de comunicação.

Resultados de Produção Etapa 3
•Relatório de Best available technologies (BAT) de valorização de resíduos e efluentes agropecuários: Sistemas intensivos de produção bovinos de leite – 1 entrega.
•Adaptações de infraestruturas de valorização de efluentes – 3 entregas
•Relatório de análise e intervenção agroambiental –3 entregas

Resultados de capacitação de competências
•Guia BAT-Fertilização de precisão com recurso a TIC – 1 entregas.
•Guia BAT-Alimentação de Precisão com recurso a TIC – 1 entregas.
•Guia BAT-Valorização e gestão de efluentes com recurso a TIC – 1 Eentregas
•Seminário–Agricultura de Precisão com recurso a TIC –1 entregas.

Resultados de Produção Etapa 4
•Implementação Piloto Fase 1: 3 unidades de produção pecuária e 3 unidades de produção agrícola.
•Implementação Piloto Fase 2: 10 unidades de produção pecuária e 30 unidades de produção agrícola.
•Implementação Piloto Fase 3: 30 unidades de produção pecuária e 100 unidades de produção agrícola.




InterlocutorLuísa Maria Chambel Filipe Lopes Leitão Martin
MoradaEscola Superior Agrária de Coimbra
LocalidadeBencanta -Coimbra
Código postal3040 - 316
Telefone239802940
Iniciativa semelhante 
  

 


Desenvolvido pela informática da DGADR
WAI-A